A exposição pode até parecer comum, mas não é. As pinturas a óleo feitas pelas 4 artistas plásticas da região do Salgado exibem uma realidade amazônica fantástica, que vai desde cenários ribeirinhos ao retrato de mulher com vestesde mechilhão. É realmente a expressão de um olhar único expresso na “1ª Exposição Coletiva das Alunas de Artes Visuais da UFPA (Parfor Castanhal)”, que fica aberta até o dia 20 deste mês, na Casa de Cultura de Castanhal (Funcast).

As artistas plásticas Melisa Araújo, Silvana Nascimento, Auxiliadora Smith e Antônia Monteiro foram incentivadas pela prefeitura a exporem suas obras de arte na Funcast como forma de valorizar os talentos descobertos aqui mesmo em Castanhale nas cidades vizinhas, como Santa Izabel.

Algumas telas chamam a atenção pelo caráter inovador, que mistura a técnica da pintura com a da colagem. Outras obras de arte revelam o abstrato ou mesmo temas regionais, com detalhes que valorizam animais, frutas e árvores. Há telas para todos os gostos.

De acordo com a artista Antônia Monteiro, que também é artesã e produziu um quadro com o tema “Mulher Mechilão”, a intenção de sua produção artística foi inovar eir além da pintura. “Eu perguntei para o nosso professor do Parfor se eu podia mudar a técnica. Ele autorizou. Então como eu trabalho com mechilhão, eu acabei ampliando o desenho de uma mulher e, depois de pintar a óleo, colei os mexilhões. O professor gostou muito do quadro e a turma acabou batizando a obrade ‘Mulher Mechilão'”, esclareceu.

Segundo Melisa Araújo, a exposição representa uma chance imperdível de a comunidade castanhalense conhecer o trabalho de artistas da própria cidade. “A gente que rmostrar que a arte está mudando o cenário, pois as pessoas que moram aqui em Castanhal também estão produzindo arte. O que queremos é divulgar a questão artística na cidade. É um momento único e a oportunidade é essa de prestigiar o nosso trabalho”, disse.

A exposição é uma chance imperdível de conhecer o trabalho das talentosa sartistas da região. A entrada é gratuita.